26/09/2012 07h17 – Atualizado em 26/09/2012 14h24

Veja 30 carros que serão destaque no Salão de Paris 2012

Novos VW Golf, Renault Clio e uma minivan da GM são destaques.
Evento abre para imprensa nesta quinta (27) e é o maior do ano no setor.

Do G1, em São Paulo

Começa nesta quinta-feira (27), para a imprensa, o Salão de Paris, principal evento do ano para carros. O G1 fará a cobertura do evento direto do Paris Expo. Na feira, as principais montadoras reservarão seus maiores lançamentos: oVolkswagen Golf, carro mais vendido atualmente na Europa, em sua sétima geração, o Chevrolet Trax, minivan esperada para concorrer com o Ford EcoSport no Brasil, e o novo Renault Clio estão entre eles.

Marca finalizam as preparações para o Salão de Paris. Nesta quarta-feira (26), o novo Renault Clio já está na feira (Foto:  REUTERS/Jacky Naegelen)Marcas finalizam as preparações para o Salão de Paris. Nesta quarta-feira (26), o novo Renault Clio já está nno estande da empresa francesa (Foto: REUTERS/Jacky Naegelen)

Veja a lista abaixo, com 30 carros esperados para o Salão de Paris 2012.

audi a3 sportback (Foto: Divulgação)

Audi A3 Sportback
É a versão 4 portas do hatch que chegou à 3ª geração durante o Salão de Genebra, em março. Ele é maior inclusive no porta-malas. Assim como o A3 de 2 portas, é o primeiro Audi a ser equipado com a nova plataforma do Grupo Volkswagen, batizada de MQB, que promete ser modular a ponto de servir a modelos maiores. Os motores são 1.4 e 1.8 TFSI, ambos movidos a gasolina, e 2.0 TDI, a diesel. O carro é esperado para o Brasil em 2013.


audi r8 (Foto: Divulgação)

Audi R8 
Além do novo desenho, o esportivo vem agora com transmissão S-tronic de embreagem dupla e 7 sete marchas. Ela substitui o câmbio automatizado R tronic de 6 velocidades, mas a transmissão manual de 6 velocidades continua a ser oferecida. As vendas na Europa começam ainda neste ano e, nos EUA, em 2013. O R8 também deverá ser mostrado em Paris em versão elétrica.


Audi RS 5
O cupê RS 5 ganhou sua versão conversível, que manteve o mesmo motor: 4.2 V8, de 450 cv e 43 kgfm de torque, com transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas (S-Tronic) e tração integral – dados do fabricante registram 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e velocidade máxima de até 280 km/h. Segundo a marca, a capota abre em 15 segundos, enquanto seu fechamento ocorre em 17 segundos.


Audi SQ5
Primeiro SUV da gama esportiva S, o SQ5 leva motor 3.0 V6 turbodiesel de 317 cv e 66,3 kgfm de torque, capaz de levar o utilitário aos 100 km/h em 5,1 segundos e à velocidade máxima de 250 km/h. Destaque para as rodas diferenciadas e a exclusiva cor Aral Blue.


bentley gt speed (Foto: Divulgação)

Bentley Continental GT Speed
Carro mais rápido da marca inglesa, foi visto primeiro no Salão de Moscou, no fim de agosto. O motor 6.0 litros W12 biturbo rende 625 cavalos de potência e 81,6 kgfm de torque. Acoplado a uma transmissão automática de 8 velocidades, leva o cupê aos 330 km/h. Ele vai de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos, diz a fabricante. O novo propulsor também é equipado com um novo sistema de gerenciamento, capaz de realizar 180 milhões de cálculos por segundo.


BMW Concept Active Tourer
O destaque da marca bávara no salão francês será o Concept Active Tourer, que quebra uma das principais tradições da BMW ao ser o 1º modelo na história da empresa a ser dotado de tração dianteira, não traseira. Híbrido, o carro leva um motor 1.5 litro de três cilindros e 136 cv acoplado a um propulsor elétrico de 68 cv – um sistema alterna automaticamente o funcionamento de cada um, ou junta os dois. Segundo a BMW, o Concept Active Tourer tem autonomia de até 30 km quando impulsionado somente pelo modo elétrico. Suas vendas começam em 2014.


chevrolet trax (Foto: Divulgação)

Chevrolet Trax
A minivan terá lançamento mundial no salão francês e é aguardada inclusive para o Brasil, onde seria concorrente da recém-apresentada segunda geração do EcoSport. Inicialmente serão 3 opções de motores: 1.6 a gasolina (especificação não divulgada), 1.4i turbo, de 142 cv e 20,4 kgfm, e 1.7 VCDI a diesel, de 132 cv e 30,5 kgfm. A transmissão é manual (para motor 1.6) ou automática (disponível para o 1.4 turno e o 1.7 diesel).


citroen ds3 cabrio conversível (Foto: Divulgação)

Citroën DS3 conversível
Ao divulgar as primeiras fotos, no fim de agosto, a montadora francesa mostrou que o veículo manterá a mesma estrutura de portas e colunas do modelo tradicional, que começou a ser vendido no Brasil no 1º semestre deste ano. O material que cobre o teto do cabriolet poderá ser recolhido por controle eletrônico.


dacia logan (Foto: Divulgação)

Dacia Logan e Sandero
A marca romena que pertence à Renault reestilizou, para a Europa, 2 modelos de muito sucesso no Brasil. O visual do Logan (foto) deixa as linhas retas da carroceria e assume um caráter mais esportivo. A coluna C, com sua polêmica queda acentuada, ficou mais suave. As mudanças valem também para o Sandero – ao contrário dos modelos atuais, hatch e sedã, dessa vez, têm o mesmo visual. Não há previsão, no entanto, das mudanças serem adotadas no Brasil.


fiat panda (Foto: Divulgação)

Fiat Panda 4×4
O “primo” do Novo Uno vai ganhar uma versão 4×4. Ela conta com pneus mistos (on e off road), suspensão elevada, para-barro e sistema de tração que reparte a força entre as rodas, eletronicamente, conforme o piso. A oferta de motores seguirá a da versão “normal”: 0.9 litro turbo a gasolina, de 85 cv, e o 1.3 Multijet de 75 cv – ambos acoplados a um câmbio manual.


ford fiesta reestilizado (Foto: Divulgação)

Ford Fiesta
O hatch ganha mudanças visuais para “responder” aos lançamentos das novas gerações de Renault Clio e Peugeot 208. Ele passa a adotar a frente que estreou na versão esportiva ST, que amplia sensivelmente a grade frontal. Pegam carona na mudança capô, para-choque e faróis, que recebem LEDs de funcionamento diurno. Esse visual pode antecipar como ficará o modelo no mercado brasileiro – o chamado New Fiesta, hoje importado do México, poderá substituir futuramente o Fiesta Rocam e ser fabricado em território nacional.


honda cr-z (Foto: Divulgação)

Honda CR-Z
As novidades do híbrido (com motor a combustão e outro elétrico) continuam guardadas pela montadora, que só mostrou até agora a frente do carro. A Honda revelou apenas que o modelo ficou mais potente.


hyundai i30 duas portas (Foto: Divulgação)

Hyundai I30 duas portas
Além de duas portas a menos, a novidade tem grade, faróis de neblina e para-choque distintos da versão 4 portas. Na traseira, o para-choque e as lanternas de neblina também foram redesenhados. A oferta de motores seguirá a disponibilidade do hatch: três de 1.6 litro a gasolina.


jaguar f-type (Foto: Divulgação)

Jaguar F-Type
É considerado o retorno da Jaguar aos carros esportivos médios, uma espécie de sucessor do lendário E-Type (produzido entre 1961 e 1975). Ele é baseado no conceito C-X16, apresentado no Salão de Frankfurt 2011. As formas do cupê foram praticamente transferidas para o carro de produção. Inicialmente, o modelo virá apenas na versão conversível, enquanto a carroceria cupê será lançada em 2014. Os motores são um 3.0 V6, com potência de 360 ou 380 cavalos, e um 5.0 V8, de dados ainda não divulgados. O câmbio será automático, de 8 marchas.


Kia Cerato
Cercado de mistério, o novo Cerato foi visto até agora apenas em partes: a Kia mostrou a traseira, a lateral (parcialmente), um pedaço do farol e a roda do sedã. O modelo também é esperado para o Brasil, no Salão de São Paulo, que começa no mês que vem, e, para vendas, em 2013.


range rover (Foto: Divulgação)

Land Rover Range Rover
O utilitário é o primeiro a seguir a identidade visual do Evoque, lançado com sucesso no ano passado. Em sua 4ª geração, o modelo é 39% mais leve, graças a uma inédita estrutura de alumínio. Dependendo do mercado e das especificações, o “regime” pode resultar em até 420 kg a menos.


mazda6 (Foto: Divulgação)

Mazda6
Sedã e perua agora exibem a última linguagem de estilo da marca japonesa, batizada de Kodo, que pretende traduzir algo como a “alma do movimento” – e que foi apresentada durante o Salão do Japão 2011, no conceito Takeri. A Mazda equipa os modelos com a nova geração de motores Skyactiv: 2.0 16V a gasolina, de 150 cv, com transmissão de 6 marchas, manual ou automática, e 2.5 litros, de 192 cv – exclusivamente unido ao câmbio automático. Entre as tecnologias para redução de consumo, há o sistema i-Eloop, que reaproveita a energia dissipada das frenagens.


mclaren p1 (Foto: Divulgação)

McLaren P1
Com poucos dados divulgados até agora, o P1 é definido por Ron Dennis, ex-chefe de equipe da Fórmula 1 e atual CEO da marca inglesa como “o resultado de 50 anos de tradição nas pistas e nas ruas”. Ele é inspirado “tecnologicamente e espiritualmente” nos carros de F1. A versão que estará no salão ainda não será a de produção, que só deve ser revelada no ano que vem, quando o modelo chegará às lojas.


Mini Paceman
Sétimo modelo da gama Mini, o Paceman ganhou vida após sua apresentação como carro-conceito durante o Salão de Detroit de 2011. Versão 2 portas do crossover Countryman, a novidade traz o mesmo motor 1.6 turbo (121 a 184 cv) de toda a gama Mini. Segundo a marca inglesa, o Paceman é focado no prazer ao volante. O visual do Paceman se difere da coluna B para trás: o teto do cupê é 40 mm mais baixo, as lanternas são horizontalizadas e o para-choque foi remodelado. A cor Starlight Blue é exclusividade.


mitsubishi outlander híbrido (Foto: Divulgação)

Mitsubishi Outlander híbrido
A montadora o descreve como o primeiro SUV híbrido (com motor a combustão e outro elétrico) plug-in, ou seja, cuja bateria pode ser carregada em tomada comum. O Outlander “verde” com tração integral será equipado com motor 2.0 a gasolina e mais dois motores elétricos movidos por uma bateria de íon-lítio de 12 kWh, um em cada eixo. Todo o sistema é derivado de modelos “puramente elétricos”, como o compacto i-MiEV.


nissan terra (Foto: Divulgação)

Nissan Terra
O protótipo elétrico é movido por célula de combustível, uma tecnologia mais avançada em relação às baterias de íon-lítio, por exemplo. Nenhum detalhe foi revelado ainda, mas as imagens divulgadas sugerem que ele seja uma releitura do SUV Xterra.


gm opel adam (Foto: Divulgação)

Opel Adam
A subsidiária da General Motors na Europa quer entrar na briga dos “minicarros” e concorrer com Mini, Smart e 500. O Adam tem 3,70 m de comprimento, 2,31 m de entre-eixos e 1,72 m de largura. Os motores são “emprestados” do Corsa europeu: 1.2 (70 cv) e 1.4 (87 cv e 100 cv), a princípio equipados exclusivamente com câmbio manual de cinco velocidades. Um bloco de três cilindros também está a caminho.


peugeot 208 gti (Foto: Divulgação)

Peugeot 208 GTi e 208 XY
Enquanto o Brasil ainda espera pelo compacto, que deve chegar em breve e estará no Salão de SP, a Peugeot exibe em Paris versões do 208. A GTi (foto) é 165 kg mais leve do que o 207 RC (ou GTi) e tem o mesmo motor 1.6 a gasolina de quatro cilindros turbo encontrado na versão principal do cupê RCZ, que gera 200 cv e torque máximo de 28 kgfm. A transmissão é manual de 6 velocidades. O XY é a versão mais luxuosa da linha, prezando pelo estilo, cores e texturas. Externamente, o 208 XY traz elementos como grade cromada, farol de neblina, spoiler traseiro, rodas de 17 polegadas com desenho exclusivo.


peugeot 2008 (Foto: Divulgação)

Peugeot 2008
A Peugeot entrará na briga dos crossovers compactos com o 2008, jipinho baseado na plataforma do hatch 208 – com 4,14 metros de comprimento por 1,74 m de largura, o modelo vai encarar Ford EcoSport e Renault Duster. A versão conceitual apresentada é equipada com um motor 1.2 litro, de 3 cilindros, dotado de turbo e injeção direta de combustível, que alcança 110 cv. A produção do 2008 já está confirmada para o Brasil em 2013.


Porsche 911 Carrera 4S
A alemã Porsche levará ao Salão de Paris o novo 911 Carrera 4S, nas versões cupê e cabriolet, que se diferencia pela tração integral, que ainda traz o sistema Porsche Traction Management (PTM). Segundo a marca, o lendário esportivo vai aos 100 km/h em 4,3 segundos e à velocidade máxima de 296 km/h. Com a nova aerodinâmica e aperfeiçioamento do powertrain, a Porsche promete diminuição do consumo de combustível de, pelo menos, 16%.


Renault Clio
A quarta geração do Clio será uma das principais atrações da marca anfitriã no Salão. Além do visual totalmente reformulado, o Clio traz um bloco de 900 cm³ (TCe 90), três cilindros e ajudado por um turbocompressor – são 90 cavalos de potência, torque de 13,7 kgfm e média de 23 km/l de gasolina, segundo a montadora. Não há previsão de sua comercialização no Brasil, onde estacionou na 2ª geração.


Smart ForStars
O conceito é uma leitura de como será a próxima identidade visual da marca pertencente à Mercedes-Benz. Mantendo os dois lugares do atual ForTwo, o ForStars tem 3,55 m de comprimento, 1,71 m de largura e 1,5 m de altura, mantendo as dimensões compactas que caracterizam os modelos da empresa – embora seja maior que o atual representante da marca. Seu motor elétrico gera 80 cv e torque de 13,7 kgfm, que o leva aos 130 km/h de velocidade máxima.


Toyota Auris
A principal novidade do hatch japonês está no visual, de apelo mais esportivo, com faróis mais afilados e ousados – grade, capô e para-choque também foram redesenhados. A traseira segue o mesmo espírito, com lanternas invadindo mais proeminentemente a tampa do porta-malas e para-choque igualmente renovado. As mudanças internas também são significativas, com painel de instrumentos, bancos, console central, volante e revestimentos inéditos. A segunda geração do Auris chega com motores 1.3 e 1.6 Dual VVT-i, além de uma versão híbrida.


Volkswagen Golf VII
Outra grande estreia durante o Salão de Paris será a sétima geração do Golf. O hatch médio, líder de vendas na Europa, não mudou completamente só no visual: o será o primeiro Volkswagen a utilizar a nova plataforma global da empresa, a MQB, que promete mais modularidade, servindo tanto modelos compactos, quanto carros de categorias superiores. Em relação ao Golf atual, o estreante é mais longo, largo e baixo – além de cerca de 100 kg mais leve. A sétima geração, que chega 38 anos após o primeiro Golf, terá suas vendas iniciadas no mercado europeu logo após o evento.


Volvo V40 Cross Country
Mal foi lançado, o V40 já tem versões esportiva (R-Design) e aventureira. Essa última é representada pela configuração Cross Country, que se difere pelo apelo estético: para-choques redesenhados, grade em formato de colmeia, rodas pintadas de preto, estribos laterais e barras longitudinais no teto. Os motores são um 2.0 turbodiesel de 177 cv e um 2.5 a gasolina, de 258 cv – a transmissão é automática, de seis marchas. A única mudança mecânica está na suspensão, que foi elevada em 4 centímetros.

 

Anúncios