21/01/2013 20h06 – Atualizado em 21/01/2013 20h19

Importadora Caoa convoca recall de 5.852 Hyundai Veloster

Problema no teto solar, que pode estilhaçar, já havia gerado recall nos EUA.
São chamadas unidades feitas entre novembro de 2011 e abril de 2012.

 

Apresentação do Hyundai Veloster  (Foto: AP)Hyundai Veloster no Salão de Detroit de 2011 (Foto: AP)

A Caoa, responsável pela comercialização dos modelos importados da Hyundai no Brasil, anunciou nesta segunda-feira (21) o recall de 5.852 unidades do Veloster, que podem apresentar defeito no teto solar. Segundo a importadora, a peça pode trincar – ou até mesmo estilhaçar, o que provocaria acidentes. O mesmo problema já havia exigido um chamado de 13,5 mil unidades do modelo nos Estados Unidos, em dezembro passado.

Segundo a empresa, foi verificada uma falha no processo de fabricação do teto solar, causando o possível problema. De acordo com o comunicado, uma possível falha intermitente do robô na linha de montagem da Coreia do Sul pode ter avariado o vidro antes da sua instalação no veículo.

As unidades envolvidas foram produzidas entre 1° de novembro de 2011 e 17 de abril de 2012. As numerações de chassis vão de KMHTC61CBCU040330 a KMHTC61CBCU053122 eKMHTC61CBDU054386 a KMHTC61CBDU070223.

O comunicado será veiculado neste sábado (26) em jornais, emissoras de rádio e de televisão, mas o agendado do reparo começa a ser feito a partir do dia 30 de janeiro em qualquer loja da rede de concessionárias autorizada da marca.

A Caoa disponibiliza o telefone 0800 559545 para agendamento do serviço, que é gratuito. Importado da Coreia do Sul, o Veloster começou a ser vendido no Brasil em meados de 2011 e, entre aquele ano e o de 2012, teve 9.055 unidades emplacadas no país, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Para ler mais notícias do AutoEsporte, clique em g1.globo.com/carros. Siga também o AutoEsporte no Facebook, no Twitter e por RSS.

Anúncios