Na véspera do Salão de Milão, Ducati revela Monster 1200, de 135 cv

Moto foi apresentada na véspera do Salão de Milão, na Itália.
Modelo inédito da categoria big naked tem motor de dois cilindros.

Rafael MiottoDo G1, em Milão (Itália)

Comente agora
Ducati Monster 1200 (Foto: Rafael Miotto/G1)Ducati Monster 1200 (Foto: Rafael Miotto/G1)

Na véspera da abertura da edição 2013 do principal evento de motos do planeta, em Milão, na Itália, a Ducati revelou a inédita Monster 1200, evolução da 1100. A moto da categoria big naked foi apresentada nesta segunda-feira (4) e é equipada com o motor 1200 de dois cilindros que desenvolve 135 cavalos de potência e 12 kgfm de torque.

Ela inaugura a terceira geração da “família” Monster, sendo a primeira com motor com refrigeração líquida.

Além da poderosa Monster 1200, a Ducati, que pode ser considerada a “dona da casa” em Milão, mostra a novíssima esportiva 1199 Superleggera. Lançada mundialmente em meados de setembro, a moto faz sua primeira aparição oficial na 71ª edição da feira milanesa.

Apenas 500 unidades serão produzidas e no Brasil o modelo custará R$ 280 mil, o que o torna amoto mais cara do país. Segundo a Ducati, 12 clientes já fizeram proposta para comprar a Superleggera no Brasil, porém, a empresa ainda analisa os pedidos para fechar negócio. A ideia da marca é privilegiar colecionadores e proprietários Ducati.

Utilizando como base a 1199 Panigale, a Ducati fez uma esportiva ainda mais potente, com 200 cv, e leve, com a utilização de componentes superleves e resistentes, como titânio, magnésio e fibra de carbono.

Ducati Monster 1200 (Foto: Rafael Miotto/G1)Ducati Monster 1200 (Foto: Rafael Miotto/G1)

Salão de Milão abre nesta terça-feira para a imprensa, com a cobertura do G1 na Itália.

Anúncios